O site da Saiba Mais utiliza cookies. Saiba mais sobre nossas Políticas de Cookies clicando aqui. Ao navegar você concorda com a sua utilização.
Saiba mais sobre os cookies em nossa Advertência Jurídica e Políticas de Privacidade

FDA aprova medicamento para prevenir a enxaqueca

Somente aqueles que sofrem de enxaqueca podem descrever a intensidade de seus sintomas e quão angustiante pode ser ver a vida interrompida por essa condição silenciosa. Uma nova opção de prevenção pode aparecer, o que é uma notícia muito boa para milhões de pessoas.

Uma droga inovadora foi recentemente aprovada pela Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos, conhecida como FDA. Estas são injeções que têm a capacidade de prevenir a enxaqueca e são aplicadas mensalmente. Seu nome é Aimovig, embora genericamente seja denominado Erenumabe.

Por que este anúncio sobre prevenir a enxaqueca é importante?

Adicionar opções para tratar a enxaqueca oferece soluções para aqueles que conhecem os efeitos angustiantes dessa condição. Embora para muitas pessoas possa parecer incompreensível, ter que se trancar em um quarto escuro e silencioso para aliviar a dor insuportável é uma situação horrível.

Tal é a gravidade da enxaqueca que a Organização Mundial de Saúde declarou, em 2012, que esta é uma doença incapacitante. Até então, aqueles que sofrem deste problema tiveram que suportar acusações por perder seus compromissos devido a “dores de cabeça simples”. Nada poderia estar mais longe da verdade.

Esta doença tem uma raiz genética importante; na verdade, afeta principalmente as mulheres. Isto é, não aparece a partir de certos hábitos da vida ou do estresse. É por esse motivo que a prevenção é a melhor alternativa para lidar com o problema.

Como o Aimovig funciona?

Os resultados deste maravilhoso medicamento foram expostos na conferência anual da Academia Americana de Neurologia. Basicamente, de acordo com a revista digital especializada IFL Science, seu principal benefício é que ele previne o aparecimento da enxaqueca em vez de atacá-la após ter iniciado a dor.

Homem com enxaqueca

Foi apontado neste evento que seu efeito é tão duradouro que pode ser aplicado mensalmente e não é necessário tomar pílulas. Apenas uma injeção mensal de 70 a 140 miligramas.

Essa dose bloqueia as moléculas que transmitem os sinais da enxaqueca, que são as que causam a dor intensa característica dessa doença.

Efeitos colaterais e custo

De acordo com revistas médicas, os efeitos colaterais dessa droga são muito baixos. No entanto, seus benefícios não são garantidos a todos os pacientes de forma igual.

Nas investigações apresentadas, um terço dos medicamentos apresentou melhorias significativas; apenas algumas pessoas disseram que os sintomas pararam completamente e, finalmente, várias delas expressaram que os efeitos paliativos eram menos potentes.

Não é muito acessível

Infelizmente, também devemos informar que nem tudo são flores. Seu custo é alto, por isso não será de fácil aquisição para aqueles que não têm cobertura médica.

A empresa que fabrica o medicamento, a Amgen, anunciou que o custo de cada injeção é de US$ 575 (cerca de R$2.200). Enquanto isso, na Europa, a Agência Europeia de Medicamentos está avaliando a aprovação desse medicamento; caso você se encaixe no perfil, o valor dependerá das negociações entre a Amgen e os sistemas de saúde pública.

Em comunicado, a empresa norte-americana defendeu o alto valor de seu produto, argumentando que terá um impacto muito positivo tanto para os pacientes quanto para os profissionais da área de saúde. As implicações financeiras positivas que tal tratamento geraria para todos estão expostas aqui.

Outros medicamentos para prevenir a enxaqueca

Claro, este medicamento não é a primeira alternativa que se propõe para prevenir a enxaqueca. Existem outros métodos previamente aprovados pela FDA, como os medicamentos metisergida, propranolol, timolol e divalproato de sódio.

No entanto, seu uso pode ter efeitos colaterais. É essencial que um médico avalie seus resultados para ajustar a dose ou interromper a medicação, caso seja necessário.

Números e dados sobre a enxaqueca

Os sintomas da enxaqueca, que incluem náuseas, sensibilidade à luz e dores agudas no crânio, afetam mais de 10% da população europeia. Além disso, mais de 1% delas sofrem pelo menos uma vez a cada três dias.

Muitos pacientes são capazes de tratar esses sintomas com medicamentos convencionais e até caseiros, mas também há aqueles que vêem sua vida diária seriamente afetada pelos efeitos negativos desse problema em seu humor.

Mulher com medicamento para prevenir a enxaqueca

Alguns fatos que devem ser considerados sobre esta doença:

• Afeta 1 em 10 pessoas. 
• Geralmente aparece depois dos 20 anos, mas também pode ser sofrido por crianças.
• Existem vários tipos, que diferem dependendo da área do cérebro que a enxaqueca ataca.
• A mais grave e intensa é a enxaqueca nevrálgica. 
• Embora a causa seja genética, o gatilho pode ser qualquer estímulo interno ou externo. É aconselhável manter um registro das possíveis origens dos episódios de enxaqueca.

Por tudo isso, e considerando também as milhões de pessoas que sofrem desta doença em todo o mundo, é encorajador reduzir esses números, mesmo que pouco a pouco. Se alternativas como Aimovig continuarem a surgir, certamente milhares de pessoas viverão melhor.

Fonte-https://melhorcomsaude.com.br/fda-aprova-medicamento-para-prevenir-a-enxaqueca/

Envie seu comentário

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE