O site da Saiba Mais utiliza cookies. Saiba mais sobre nossas Políticas de Cookies clicando aqui. Ao navegar você concorda com a sua utilização.
Saiba mais sobre os cookies em nossa Advertência Jurídica e Políticas de Privacidade

Parecidos com ursinhos de pelúcia, não dá para resistir à fofura desses cães

Maltês

Para quem quer uma companhia que se relaciona bem com outros cachorros e gatos essa raça é a indicada. Um ótimo cão para quem sofre com alergias – porque não solta muitos pelos -, o maltês costuma ser carente, gosta de receber bastante carinho e da presença de seu tutor. Fofura em forma de pet, essa raça também é conhecida por sua pelugem branca, lisa e bem macia. Dá vontade de ficar abrançando esse pequeno o dia todo, não é?

Chow Chow

Chow Chow é uma raça antiga e de origem desconhecida. Além disso, segundo historiadores, esse cão pode ser fruto do cruzamento entre mastins e spitzs. Depois de crescido, o filhote torna-se bem grande e ainda mais peludo. Quase um ursinho de pelúcia esse amigão!

Shar Pei

Criado para ser inicialmente um cão de fazenda, essa raça além de fofa, é considerada eficiente, já que se mostra silenciosa o bastante para representar um cão de guarda, por exemplo. Como boa companhia para ficar em casa, o cão não perde as características de cão pastor e de rastreio. E o principal: as dobrinhas aumentam a fofura e a vontade de ter um companheiro como esse!

Yorkshire

O Yorkshire é conhecido por ser ousado, curioso e sempre pronto para uma aventura. Pequenino, de pelagem sedosa, longa e lisa, o cãozinho conquista o coração de qualquer um que gosta de pets delicados e menores. A característica que faz dele um  dos cachorros fofos  é o tamanho pequeno e esses pelinhos no rosto.

Shih Tzu

Amigável, gentil e delicado, o Shih Tzu se dá muito bem com crianças e costuma estar muito presente no ambiente doméstico. Uma boa vantagem é que o Shih Tzu não troca muito de pelo e é considerado um “Mini leão”. Para os que adoram uma bolinha saltitante é a raça ideal.

Husky Siberiano

Essa raça é oriunda da Rússia e conhecida da Sibéria há quase dois mil anos, quando foram especialmente desenvolvidos para puxar trenós em condições extremas pelos Chukchi. Além de fortes, são muito lindinhos!

Fonte: canaldopet

Envie seu comentário

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE